www.endicase.com.br
Artigos & Cases
Empresa
HOME
Servicos
Artigos
Contatos
Mapa do Site
| HOME  |
        "Qual a velocidade do Comboio ??  "


Um Domingo de madrugada despertei com o meu aparelho de TV,  onde determinado artista respondia uma jovem platéia  (isto   óbvio   certifiquei   muitos   minutos  depois)   onde   ele entusiasmadamente disse a seguinte frase:   "A velocidade  do comboio   é determinada pelo veículo mais lento..." exemplificando que todos da  equipe tem de estar na mesma velocidade sendo   que   quando   há  o   profissional   "mais lento" todos tem  de estar no mesmo tempo/velocidade  deste profissional, se não deixa de ser comboio (deixa de ser equipe).

De pronto levantei-me  pois  o  sono já havia ido embora e pôs me a esmiuçar a frase trazendo para a minha (nossa) profissão, para o meu(nosso) dia a dia, para as minhas (nossas) experiências, e certifiquei que para os profissionais que não trabalham com artes cênicas o comboio não pode andar tão bem assim.

Vou me explicar  melhor,  pois tenho um caso real ocorrido em um de nossos clientes onde estávamos com uma equipe de  6 profissionais, quatro  com perfil contábil/fiscal e dois de Sistemas implantando CAT  31/99 especificamente de 33 filiais.

Tudo ia muito bem a equipe estava coesa e o fluxograma do projeto estava mais que ensaiado e decorado, onde tínhamos 4 sistemas a fazer se comunicarem  validar e acertar todo e qualquer dado inconsistente, e o importante de tudo era que o cliente estava feliz com o cronograma apresentado pois tudo estava sendo realizado conforme previsto de acordo com o "script".

Até que um telefonema mudou tudo, do outro lado da linha  o diretor administrativo pessoalmente convocando reunião urgente  (o controller estava de férias mas já tinha sido avisado) nos comunicando que a empresa foi notificada para a entrega dos arquivos magnéticos estadual de simplesmente todas as filiais.

A partir daí tínhamos que fazer o "comboio" andar mais rápido com uma carga mais pesada e não podendo cortar caminho, o que fazer???.

Sabíamos que aumentar a carga horária era necessário bem como aumentar a equipe, mas o problema estava em fazer não parar os profissionais que já estavam atuando no projeto e fazer os profissionais que iriam chegar acompanhar os que já estavam. Ou seja  "A velocidade do comboio seria determinada pelo veículo mais rápido" pois o que era comboio teria que se transformar numa corrida de formula 1, onde todos correm atrás do mais rápido.

Identificamos  no fluxograma  todos os processos, "km   a  km"  e de acordo com o perfil dos novos  profissionais que vinham chegando  dávamos o mapa da rodovia e uma rota/tarefa a seguir deixando as mais árduas com os mais habituados com o percurso, assim demos mais velocidade aos carros chefes pois estes se tornaram mais leves e os "mais lentos" de uma certa forma buscavam estar na mesma velocidade.

Assim acredito que cabe a todo o comboio ser veloz e puxar o mais lento para a velocidade ideal e cabe o mais lendo adequar-se rapidamente a estrada, ficando atento a todas sinalizações.

Detalhe importante atendemos a exigência do fiscal e o cliente ficou satisfeito com o nosso tempo de resposta.


*Aviso importante: Você pode copiar e distribuir este artigo, mas citando sempre a fonte e mantendo o texto original.
NewsLetter
Receba gratuitamente
nossos Artigos & Cases
Nome:
Email: